Jehozadak Pereira.com

O branco bronco e as negrinhas

Posted on: April 17, 2007


Don Imus, é um radialista branco e bronco que trabalhava até a semana passada na rede CBS. Trabalhava porque resolveu xingar as jogadoras de basquete da Rutgers University de New Jersey, cuja maioria é composta de afro-americanas. Imus as chamou de nappy-headed ho’s, algo como prostitutas de cabelo pixaim, que foi o termo usado. As caixas postais de e-mails da CBS ficaram entulhadas de mensagens de protesto. Mas, a decisão de demitir o boçal se deu depois que a NBC resolveu não mais transmitir o programa radiofônico, e de várias grandes empresas anunciarem que iriam retirar a publicidade do programa, entre elas a American Express, Procter & Gamble e General Motors. Isto mostra que a velha teoria de que se bater na cara de um homem ele vira as costas e vai embora, mas se mexer no bolso ele pula em cima. Diante de tanta pressão o boquirroto foi devidamente mandado para o espaço, mesmo tendo sido obrigado a pedir desculpas.

Velho e conhecido destemperado, com um comportamento atrevido e insolente que o tornou uma das maiores estrelas na mídia americana, ganhando salários de cerca de US$ 10 milhões por ano, insultando, rindo e fazendo rir às custas das vítimas dos seus destemperos verbais. Imus é um red neck – pescoço vermelho, como são chamados alguns americanos que se julgam superiores inclusive a outros brancos.

Além dos negros, os gays também são as outra preferências da língua afiada e tragicômica de Imus. Certa feita chamou Bill Richardson, governador do New Mexico e candidato a candidato à presidência da república de “bichinha gorda”. A falácia imprudente de Imus nunca teve tanta repercussão quanto agora que ele xingou as jogadoras de basquete. O caso tomou tamanha proporção que só restou a ele ser demitido, mesmo dando um faturamento milionário – algo em torno de US$ 50 milhões por ano, aos seus ex-empregadores – rádio CBS e televisão MSNBC, Imus não escapou da degola, principalmente por causa das empresas patrocinadoras, que não querem os seus nomes – e as suas imagens – vinculadas à prática do racismo.

Palavras ofensivas tais quais as de Imus podem ser ouvidas nas músicas dos cantores negros de hip hop e rap americanos, que tratam as negras com termos e expressões pouco lisonjeiras e na maioria das vezes ofensiva e desrespeitosa. As canções são carregadas de palavrões e expressões que fazem corar qualquer um.
Algo mais ou menos como os funkeiros cariocas tratam as mulheres nas suas composições. Só que uma coisa é isto ser dito por gente da própria raça, outra é ser falada por um branco, rico e que por acaso em um microfone à disposição.

A atitude de Don Imus mostra que o racismo não está erradicado como se pensa. O racismo é de ambas as partes – de brancos e de negros que muitas vezes se toleram por não haver outra opção. O racismo na América vezes é velado e escamoteado, e poucos como Imus tem o atrevimento de verbalizar os seus sentimentos. Só que Don Imus não está sozinho na sua cruzada de arrogância e de desprezo por quem não tem a mesma cor da pela, raça, religião e condição social, e diga-se que isto é de ambos os lados. O que falta para estas pessoas é a coragem ou o atrevimento de verbalizar publicamente a sua intolerância. Quando o fazem, o mundo lhes cai na cabeça. As coisas são assim por causa da hipocrisia e da intolerância que é cega e torna o mundo infinitamente um lugar cada vez mais difícil de conviver e de morar pacificamente ao lado de outros semelhantes.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

Estatísticas do blog

  • 173,385 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 846 other followers

Twitter Updates

%d bloggers like this: