Jehozadak Pereira.com

Casal Hernandes – injustiçados ou culpados?

Posted on: June 11, 2007


A comunidade cristã evangélica no Brasil e no mundo se alvoroçou diante da notícia de que casal Hernandes – Estevam e Sonia, haviam sido presos ao desembarcar em Miami no dia 9 de janeiro passado. Em princípio se suspeitou que o casal havia sido preso por um pedido da justiça brasileira, especialmente a de São Paulo, onde Estevam e Sonia Hernandes respondem a diversos processos por enriquecimento ilicíto, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e estelionato.

Só que eles foram presos por terem omitido das autoridades alfandegárias americanas que traziam mais que os US$ 10 mil por pessoa permitidos. Tinham US$ 56 mil que estavam escondidos nas suas bolsas e até dentro de uma Bíblia, o que fez com que ficassem presos por 10 dias, e depois de pagarem fiança e postos em liberdade vigiada por tornozeleiras eletrônicas.

Foram acusados pela justiça americana de contrabando, conspiração e falso testemunho. A pena pode chegar a 10 anos de prisão para cada um dos dois, mas um acordo entre os advogados e o promotor responsável pelo caso, permitiu que os Hernandes admitissem a culpa e com isto evitar o jurí popular. Com isto podem ser condenados a seis meses de prisão e mais seis meses de liberdade condicional e depois disto seriam deportados ou extraditados e teriam que enfrentar a justiça brasileira.

Não poderia haver humilhação maior do que ter de passar por tudo isto. Estevam é o fundador da Igreja Apostólica Renascer em Cristo e sempre esteve às voltas com diversas acusações, sempre envolvendo questões financeiras.

Uma rápida pesquisa na justiça paulista e o resultado vai apontar inúmeros processos que vão desde cheques sem fundos até ações de despejos por falta de pagamento. Volta e meia um ou outro ex-fiel ou ex-funcionário envolve Estevam em algum problema.

Com diversos indícios de problemas, o casal passou a ser investigado pelos promotores do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado – Gaeco que inclusive pediu em diversas ocasiões a prisão preventiva de Estevam e Sonia Hernandes, o que fez com que eles ficassem foragidos por várias semanas, até que o Tribunal de Justiça revogasse o pedido.

Com bons advogados a sua disposição, Estevam e Sonia Hernandes tem ao longo dos anos conseguido postergar todas as tentativas do promotores paulistas de os ver atrás das grades. Só não contavam com a fatídica viagem a Miami em janeiro, onde acabaram presos e tiveram o pedido de extradição feito pela justiça brasileira.

Nem mesmo os bons – e caros – advogados conseguiram convencer a justiça americana de que ambos eram inocentes, e diante da ameaça de que os promotores do Gaeco, poderiam vir depor no processo em Miami, apressou a aceitação do processo de acordo.

A participação das autoridades brasileiras poderiam agravar definitivamente a situação penal do casal e aumentar consideravelmente o risco de uma pena maior.

Só que estas ameaças de prisão nos Estados Unidos e no Brasil, não é suficiente para diminuir a devoção dos fiéis e da solidariedade de outros segmentos cristãos-evangélicos brasileiros.

Diante de todas as circunstâncias processuais e criminais que os Hernandes estão sendo acusados, dá para ver que os problemas deles são estritamente pessoais e nem de longe atingem outras igrejas e segmentos religiosos. Logo, o argumento de que os evangélicos estão sendo perseguidos pela justiça brasileira é tão falso quanto uma cédula de US$ 15.

A justiça tanto nos Estados Unidos, quanto no Brasil cumprem o papel de julgar aqueles que são pilhados em delitos, sejam eles quem for, inclusive autoridades religiosas como é o caso dos Estevam, que não estão isentos de responder pelos seus atos e atitudes.

Que eles não escaparão de ser penalizados pela justiça americana é certo. Quanto a justiça brasileira, só o tempo dirá. No entanto, o que se vê é que eles – Estevam e Sonia não estão sendo injustiçados. Pelo menos até prova em contrário.

Advertisements

4 Responses to "Casal Hernandes – injustiçados ou culpados?"

Claro que são culpados. Tive pouquíssima experiência em crimes só 03 anos trabalhados na Defensoria Pública. A minha pouquíssima experiência me fez observar que 100% dos criminosos e familiares dos mesmos não se arrependem do crime apenas não gostam de estar presos. O casal Hernandez tem o perfil típico do criminoso comum: eles não se arrependem, não pedem perdão mesmo com todas as provas evidentes de que cometeram o fato criminoso. Esta atitude deles de não reconhecerem que fizeram o mal que praticaram o mal talvez seja pior do que o mal em si que cometeram. São extremamente persuasivos e dominam a multidão tolerante, esta multidão que alimenta o mal.

Os Hernandes não se preocupam com aquilo que as pessoas pensam; não têm senso moral. Na verdade, exploram a fé das pessoas sem qualquer constrangimento e agem como vítimas. E como são influentes, dispõem da amizade interessada de líderes de outras denominações, que buscam a mesma projeção junto à multidão. Conseguem poder, dinheiro e influência. Que querem mais? Quanto à justiça, é muito lenta. Será que o MP está de olho em tudo o que ocorre nos Estados Unidos?

Jehozadak, vivemos numa sociedade egoista, sem pudor, sem temor a Deus e sem respeito a Palavra de Deus. Esse povo só saber é condenar, principalmente se for evangélico, seguidor dos princípios de Jesus. O que espará dessa sociedade que apóia abertamente a depravassão? Que acolhe o pecado de braços abertos? Foi o ocorreu na semana passado no mundo inteiro: passeata GAY. O casal Hernandes tem nossa solidariedade e apoio. Cristo nos ensinou que o PERDÃO é um gesto de humildade, e quando é dado há curas na comunidade, que é propagado na sociedade. O mundo precisa, urgentemente de JESUS. Shalom, Daniel.

TANIA E ANATALI, que atirem a primeira pedra se vcs não tem pecado ,ou nunca mentiram.A acusação que vcs. fizeram já é pecado,Fala dos nossos parlamentares e dos nossos pesados impostos, da paraga gay, e etc . todos são simpatizantes, mas ninguem quer ter filho gay e nem lésbica, então porque apoiam?, isto é hipocrisisa, haja visto o que a Greetchen chorou, Deus que me dê livramento disto, seria o fim para mim, peço a Deus que eu consiga passar para os meus filhos o que Deus deixou ,que casamento é para homem e mulher, eu jamais levaria um filho meu, para ver homem beijando homem, e mulher com mulher, só dá briga, entre eles mesmo,porque o preconceito está dentro deles mesmo.E só dão baixaria onde estão, haja visto o roubo do cemitério,briga de bichas na televisão, olha existem remédios para acabar com a libido ,do mesmo jeito que existem para por seios,bumbuns ,hormonios para aumentar a libido e podem ser eunucos como tanta gente que consta na biblia.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

Estatísticas do blog

  • 172,845 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 846 other followers

Twitter Updates

%d bloggers like this: