Jehozadak Pereira.com

Crentes que xingam

Posted on: November 11, 2007


Jehozadak Pereira

Já sofri todo tipo de ameaça à minha integridade física que vocês podem imaginar – até de morte, feitas por gente que se diz cristãos nominais, e que frequentam igrejas, quando não os púlpitos.

Energúmeno, estúpido, palhaço, bêbado, idiota, invejoso, rancoroso, gay, pederasta, velho gagá, cretino, imbecil, destruidor de sonho alheio, ressentido, pré-histórico, homem das cavernas, retardado, manipulador, insensível, desagregador, acusador, juiz, hipócrita, ignorante, moralista, jornalista de quinta categoria, linguarudo, bocudo, safado, arrogante, inimigo, santarrão, abominável, escroto, palerma, vaidoso, canalha, dinossauro, amargurado, ressentido, assalariado, lixo, fundamentalista, xiita, cachorro, imoral, atrasado, aquele material orgânico que se deposita nas melhores – e piores – privadas, sem contar o repertório de palavrões, os mais escabrosos e cabeludos que se possa imaginar.

Já me mandaram para tudo enquanto é lugar que vocês podem imaginar, além de terem xingado minha mãe, meu pai, minha família, e tudo o que está ao alcance para ser destratado.

Você leitor, deve estar assustado com tudo isto e também deve estar se perguntando se vale à pena escrever. Sendo sincero e direto – não pretendo parar não. Vou continuar escrevendo, queiram ou não meus detratores. E olhem, que a maioria destes que me xingam são ditos cristãos nominais. Fico imaginando que lições eles aprendem nos cultos e nas escolas dominicais. Se é que aprendem alguma coisa. É de entristecer.

Costumeiramente me perguntam se leio tudo aquilo que critico. Sim leio e costumo responder a quem me pergunta se querem que eu envie as notas fiscais e os recibos dos livros. Precisam ver as respostonas que recebo.

É incalculável, leitores, o quanto tem de pessoas “ofendidas” com o que escrevo. Minha caixa de e-mail enche tanto que a cada três meses preciso arrumar lugar para colocar tantas mensagens que recebo. Outro dia fui elogiado no fórum principal do http://www.evangelicos.com, mas nem sempre é assim. Quando escrevi o artigo O Efeito Garotinho, por conta dele fui xingado, maltratado e aviltado, como poucas vezes havia sido. Longe de fazer acusações, o que retratei ali foi um desmentido ao senhor Silas Malafaia, que em entrevista a Revista Eclésia afirmou que a imprensa persegue os cristãos. Nunca imaginei que houvesse tantos crentes de boca suja como temos hoje. Um horror.

Conversando com um amigo que mora no Brasil, e que conhece bem os bastidores da igreja brasileira, disse que grande parte daqueles que xingam são mandados pelos que se sentiram atingidos pelo que escrevi. Chegaram ao ponto depois deste texto de irem a homepage do provão – avaliação governamental das universidades e faculdades brasileiras – para ver o conceito da faculdade onde estudei, e usaram isto como pretexto para me xingar mais ainda.

Houve quem dissesse que um dos criticados é o precursor disto e daquilo, que faz e acontece, e eu quem era? Realmente não sou ninguém perto dos criticados, mas sou um dos únicos que ousam levantar a voz para denunciar quem se aproveita da igreja e dos crentes brasileiros. Mas de que adianta ser precursor de alguma coisa se não se tem educação e respeito pelo próximo. Numa outra oportunidade vou falar a respeito das coisas que recebi a respeito de tão veneráveis senhores. Provas cabais e contundentes. De deixar horrorizado qualquer um.

Teve um outro que me criticou asperamente por causa da faculdade, e me dizia que a universidade dele sim é a melhor em todos os aspectos; que eu por causa da minha formação neste lugar sou um fracassado, e mais um monte de bobagens, só que descobri que embora ele tenha sido formado num dos lugares de excelência de ensino estava desempregado há cinco anos. Só fiz uma pergunta a ele – quem é o “fracassado” na história? Estou esperando resposta até hoje.

Tenho consciência de que piso nos calos, ou em todos os calos de muita gente, e no começo quando era xingado me sentia incomodado, hoje não. “Blindei” meu couro e poucas coisas me atingem. Poucas mesmo.

À reação a este texto lembrou-me um outro – Um Presidente Evangélico? Por causa deste artigo que foi publicado entre outros lugares no jornal Rio Grande Gospel, que foi censurado e banido de algumas igrejas. E o que me xingaram por causa deste artigo? Até minha demissão pediram ao Rodrigo Bressane, webmaster do http://www.aleluia.com.br.

Já escrevi criticando Harry Potter, O Senhor dos Anéis, As Crônicas de Narnia, Sigmund Freud, Carl Gustav Jung, e a cada vez que sito estas “vacas sagradas”, agora acrescida de Silas Malafaia, o mundo cai na minha cabeça.

Teve um “irmão” de Brasília, que se sentiu tão ofendido com o que escrevi em determinado artigo que jurou que me quebraria a cara o dia em que eu “ousasse” pisar na Capital Federal, só que ele desconhecia que a sua denominação é uma das que mais convites me faz para ministrar palestras, e certamente o dia em que for visitar o Brasil, um dos primeiros lugares que visitarei será a bela Brasília. Medo do valentão? Nem um pouco.

E ele não é o único que me ameaçou nestes anos todos. Já sofri todo tipo de ameaça à minha integridade física que vocês podem imaginar – até de morte. Já escreveram que vão quebrar os meus dedos, minhas mãos, meu computador, e por ai afora.

Uma coisa me intriga profundamente. Grande parte dos insultos e impropérios que recebo vem de Brasília. Por que será? Acho que os ares do Planalto embotam algumas mentes e estupidificam as idéias de alguns. Mas de lá também recebo criticas inteligentes e concisa coisa que aprecio, e por uma questão de justiça, digo que tenho recebido criticas e mais criticas de gente que discorda de mim, mas que me respeita como alguém que tem de ser respeitado.

Mas há os que me responsabilizam por tragédias que aconteceram nas suas vidas. Uma jovem de Vitória me mandou um e-mail, depois de ler um texto em que eu criticava Tolkien e os malditos anéis, me “responsabilizando” pela morte da irmã dela. Fiquei chocado.

Será que a menina havia morrido por causa do que escrevi? Procurei saber, e logo a verdade apareceu. A adolescente falecera um ano antes, afogada na praia e não tinha nada a ver com o meu artigo. Só que a dita cuja, achou que eu era o culpado do ocorrido. Aliás, o que aparece de gente complicada de cabeça me escrevendo…

Gente doente que distorce tudo o que escrevo; outro dia mesmo, um menino de 14 anos escreveu me esculachando. Respondi com ironia e como réplica ele usou o fórum do http://www.evangelicos.com, colocando lá minha resposta e fez um barulho terrível. Disse que eu havia mandado alguém xingá-lo, além de ameaçá-lo junto com o seu computador, e a senhora mãe dele.

Quando eu o apertei ele apontou o nome de quem o havia ameaçado em “meu nome”. Era um antigo desafeto dele de brigas passadas, ou seja, eu não tinha nada a ver com a briga dos dois. Não contente ele colocou no blogger dele que estava sendo “perseguido” e “ameaçado” por mim – jornalista famoso – segundo ele, por defender as suas opiniões. Depois quando a coisa apertou, ele disse que ia falar com o pai e a mãe dele, e por fim pediu desculpas. Imaginaram o “rolo”?

O moleque mentiu, deturpou, manipulou e quase que sai como vítima na história toda. E ainda se diz “convertido”. Tal como os muitos que me xingam.

E o jornalista e psicanalista famoso, que se escondeu atrás de um pseudônimo e me “ofereceu” a oportunidade de reescrever um artigo sobre a “vaca sagrada” Carl Gustav Jung, e as suas práticas místicas. Diante da minha óbvia recusa ele gentilmente me intimou a retirar do ar o texto. Recusei novamente, ai a máscara dele caiu de vez. Partiu para a ofensa pessoal, quis me humilhar, xingou, sapateou e rangeu os dentes, teve um faniquito, e por fim disse que ia usar o meu texto nas suas palestras como exemplo de estupidez. Tudo isto se dizendo um cristão.

Recebi também um e-mail de uma venerável senhora que se dizia membro de uma associação qualquer de defesa da psicanálise, e para não perder o costume me destratou até cansar. Pastores, doutores, gregos e troianos, baianos e goianos, velhuscos, jovens e adolescentes, crentes e incrédulos, ateus e atoas, todos estes e muito mais me xingam despudoradamente.

Crianças são um capítulo à parte. Fui o primeiro jornalista brasileiro a denunciar a contaminação espiritual na saga de Harry Potter – o oleiro maldito. Precisam ver o baixo nível de educação das nossas crianças e jovens. Falta de educação e de respeito absoluto. Muitos podem dizer que é normal uma criança reagir quando lhe “insultam” – no caso eles se sentiram “insultados” por causa do que escrevi. Mas onde é “normal” que crianças, jovens e adolescentes xinguem e desrespeitem? Se aos dez anos eles não têm educação, certamente não terão aos quinze, aos vinte, e pela vida afora.

Quase tudo o que escrevo gera polêmica. Há alguns anos atrás eu fui colocado numa lista de discussão de bruxos e bruxas, por causa do artigo Halloween, a festa dos mortos – e recebi centenas de e-mails, todos eles me contestavam, pois na opinião deles eu havia retratado a bruxaria de modo tendencioso no artigo. Pois bem, entre as dezenas de e-mails não houve um sequer que me desrespeitasse. Todos sem exceção discordavam com respeito. O mesmo respeito que não encontro por parte dos cristãos.

Que os mundanos façam uso deste recurso é tolerável, mas não aceitável, pois foge a regra do bom comportamento, mas cristãos? E estes são os que mais xingam e destratam. Sem contar as propostas indecorosas que me fazem, como se eu estivesse à venda. Alguns querem artigos elogiando políticos, pastores, escritores obscuros, e até apóstolos. Deve ser porque eu sou dos mais copiados e plagiados jornalistas no meio cristão, e porque acham que dispondo de dinheiro podem corromper a vontade. Um dia eu conto o nome de todos.

Em qualquer nível a igreja brasileira ou qualquer um dos seus adeptos não aceita nenhum tipo de critica. Alguns só sabem atacar, criticar, destruir, mas quando criticados refugam feitos sapos jogados na água fervente e reagem com virulência e truculência típica e peculiar. Gente do tipo de Silas Malafaia por exemplo. Mas este esta acostumado a xingar todo mundo, inclusive quem não quer ficar rico e é despudoradamente chamado de “trouxa” o tempo todo pelo reverendo malafento. Cruz credo!

Logicamente não estou generalizando a igreja brasileira com quem me xinga. Mas se a amostra representa a realidade…

Advertisements

7 Responses to "Crentes que xingam"

Puxa, quando li esse texto fiquei espantado, porque achava que isso só acontecia em comunidades do orkut onde se pode camuflar a verdadeira identidade pra xingar descontroladamente a moral alheia; e muitos deles se dizem cristãos. Certa vez chegaram a dizer que quando Jesus chamou os farizeus de “raça de víboras” e “sepulcros caiados”, Ele estava dizendo que os tais eram “filhos da p…” ou coisa parecida.
Não consigo imaginar essa cena deprimente.

Bem, é a primeira vez que comento algo aqui, mas já faz algum tempo que venho ler seus textos, e confesso que gosto muito. Discordo de alguns, claro, mas na sua maioria são ÓTIMOS.

Me converti a quase 3 anos e busco estar atento as coisas que têm acontecido para não ser enganado e arriscar ficar do lado dos bodes ao invez das ovelhas quando meu Senhor Jesus voltar.

Fique com Deus.
Abraço!

Para aonde vai a banda podre da igreja? O joio ou os cabritos? Crente até o diabo é Tiago 2:19. Está escrito, que lobos devoradores não poupariam o rebanho e, falariam coisas tão pervertidas que envergonhariam o evangelo eterno Atos 20:29.
a banda podre da igreja(falso profeta) por se unir aos poderes do mal, age de maneira pevertida Apocalipse 16:13 e 14.

Só precisei ler um pouco para ver a tamanha ceguera espiritual que está na igreja. Isso acontece porque as pessoas só pregam bençãos e vitórias , mas conserto com Deus não se prega. Então, tudo isso vai resultar em erro, tudo o que o inimigo lança como o caso de cronicas de nárnia é assimilado e ensinado. como ensinar uma magia pagã dentro da igreja ? eu sei que é a minoria que acha isso mas prefiro ficar com ela nem que seja apenas um.

Bom dia: Poderia por gentileza de fornecer esse artigo? Grato.

O Efeito Garotinho, por conta dele fui xingado, maltratado e aviltado, como poucas vezes havia sido. Longe de fazer acusações, o que retratei ali foi um desmentido ao senhor Silas Malafaia

Pocha cara maneiro o que tu escreve…
Mas eu sou um cara cristão que xingo!
E acho que ao invés de tu sair criticando, tu escrever a solução para parar de xingar não acha?!
Existem cristãos que querem parar (meu caso) mas Existe algo que o impede!
Se puder me ajudar estou esperando!!

meu email tá ai!!

Valeu fui…

tem gente neste mumdo sem noção

Sabe esses fans de harry potter, tem que saber aceitar criticas. Eu sou fan da saga é aceito criticas, quando tem fundamento garanto que as pessoas adoram endemonizar, as coisas. harry potter não matou tantas pessoas, quanto as religiões veja, o cáso das cruzadas ou á caçada as bruxas onde, mataram milhares de mulheres das piores formas possiveis. Ou caso do caseiro que era evangelico é matou os, patrões com machadadas dizendo que eles estavam possuidos. E por vai e so vc pesquisar que, vai emcontrar nos jornais que vai achar. E caso vc não saiba o autor de narnia é cristão, ele ja deu varias entrevistas dizendo que sé inspirou na biblia para fazer o conto de nárnia la vc vai emcontrar varias citações a biblia como os filhos de adão. Eu acho que os religiosos não tem muito senço critico, por eles a unica verdade é a biblia machado de assis é ateu o grande escritor brasileiro. espero que aceita esta critica. Adeus é espero que as pessoas parem de le chingar. Desculpe pelos erros de ortografia escrevi muito ligeiro.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

Estatísticas do blog

  • 173,379 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 846 other followers

Twitter Updates

%d bloggers like this: