Jehozadak Pereira.com

Os descompensados

Posted on: January 19, 2010


Jehozadak Pereira

Escrevi este artigo um tempo atrás, e lembrei dele pois recentemente convivi com uma pessoa descompensada que me fez passar raiva. Mas a vida é assim mesmo. Cada uma destas pessoas existe e por respeito a eles, não vou citar o seu nome aqui, mas os sintomas são os mesmos. Sem tirar nem por.

Juliano Cruz já foi de tudo na vida. Feirante, vendedor, mágico, despachante, mecânico, cozinheiro, seminarista, garçom, motorista e propagandista. Foi dono de uma pastelaria, de uma agência de viagens, de boutique num shopping em Curitiba, de uma pousada em Caldas Novas e outra em Porto Seguro, até que faliu o hotel da família em Florianópolis e decidiu vir para os Estados Unidos.

Juliano é daquelas pessoas que tem boas idéias e excelentes iniciativas, mas que se perdem em pouco tempo e poem tudo a perder, fazendo o que se espera que eles façam de fato. Juliano é uma das milhões de pessoas que são atingidas pela incapacidade de o organismo restabelecer o equilíbrio físico ou mental alterado por um problema estrutural ou funcional – definição patológica. Por isso não conseguem se concentrar em absolutamente nada.

Juliano sempre arruma um problema com quem está próximo dele, a ponto de nem seus irmãos o suportarem. Quando veio para a América em 1998, foi trabalhar numa igreja evangélica, e logo o ambiente que era perfeito, deteriorou-se de tal maneira que a direção da igreja o dispensou com a recomendação que jamais tornasse a pisar naquele lugar novamanente.

Tal como Juliano, são pessoas que se intrometem nas vidas alheias, escutam conversas, dão palpites fora de hora, acham que as suas idéias são sempre brilhantes, querem impor a sua vontade sempre, e quando contrariados acham-se perseguidos por tudo e por todos.

Quando se sentem ultrajados partem para outra sem a menor cerimônia, sem se importar com investimentos de tempo e de dinheiro. A exemplo de Juliano que deixou na mão alguns sócios, sem ao menos se dignar a dar qualquer tipo de justificativa ou satisfação.

Os descompensados são ressentidos e dizem que fracassaram porque o mundo conspirou contra eles. Geralmente a origem dos seus problemas está na infância ou na adolescência. Juliano, por exemplo, era chamado de desastrado e trapalhão pelos seus pais e irmãos, daí a sua insegurança e hesitação constante.

As vezes o descompensado pode ser briguento e hostil com quem os cerca. Cristiana Silva, é um exemplo disto. Em seis anos de América já morou em tantos lugares que nem se lembra deles todos. Já teve muitas amigas e namorados e rompeu com todos eles a ponto de ninguém querer saber dela quando se acidentou em 2005 e ficou quatro meses internada.

Uma cena comum na sua vida nos Estados Unidos é dormir no carro com todas as suas coisas, por ter brigado novamente. A última foi há um tempo atrás, quando chegou em casa e as duas pessoas com quem ela dividia uma casa estavam rindo e ela perguntou o motivo. Não era nada de importante disseram as duas. Foi o suficiente para que ela se revoltasse a partisse para cima de uma delas, achando que era dela que elas riam.

Foram parar na polícia e como conseqüência ela foi posta para fora da casa no meio da noite, foram noites dormindo no carro até que arrumasse uma outra casa para morar.

Quem convive com um descompensado fica perplexo diante de cada nova trapalhada ou atitude incoveniente feita mais uma vez. As vezes busca alguma resposta e se pergunta se o problema é seu ou se fez alguma coisa que justificasse o ato do descompensado.

Raramente o descompensado se dá conta das suas atitudes e por causa disto não buscam ajuda clínica ou terapêutica, mesmo porque acham que não precisam, e que o mundo mais uma vez está contra eles.

Há algum tempo, a atriz Cassia Kiss, esteve no programa Mais Você da apresentadora Ana Maria Braga e contou o drama que a afligiu por muitos anos. Ela sofria de transtorno bipolar, que hoje é controlada com remédio e terapia recomendada pelo seu psicanalista e psiquiatra. Cassia lamentou o tempo perdido em que desconhecia o seu problema, e que hoje é uma outra mulher em todos os aspectos.

Advertisements

2 Responses to "Os descompensados"

Prezado Sr Jehozadak,
Achei bastante interessante ter sido despertado este tema para reflexão. Observei nas entrelinhas de seu discurso um certo tom de intolerância em relação às pessoas citadas. Não ficou bem clero o grau de relação que o senhor tem com elas e muito menos o que tentou fazer em favor delas, além de sentir raiva e apontar para o problema e sugerir seguir o exemplo da atriz citada. Será que o uso do dom de exortar não ajudaria tais pessoas, ainda mais o sr sabendo de se tratar de um caso patológico ? orar com ela não resolveu ou ainda não tentou ? Cansou de ajudar e agora desabafa no blog seus dissabores ? Apresentou algum colega terapeuta para tratar do caso ? Sinceramente espero que os leitores deste post não sejam tentados a jogar uma segunda pedra.

Parabéns pelo texto João Ribeiro. Eu gostei muito. De fato estamos falando de pessoas “descompensadas” que infelizmente sofrem de uma doença crônica. Entendo que com tratamento adequado isso pode ser resolvido. Terapia pode ajudar na “higienização mental” e amadurecimento ao ponto do paciente reconhecer que o “mundo” não é o culpado de suas demandas mais complexas de vida. Este é uma assunto espinhoso (até porque sou um bipolar), mas hoje consigo vê-lo de uma maneira mais racional. Penso que todos que são bipolares têm chances de não jogar a vida fora, se permitirem ajuda médica. Abs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

Estatísticas do blog

  • 173,385 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 846 other followers

Twitter Updates

%d bloggers like this: