Jehozadak Pereira.com

Paulo Monauer, o difamador…

Posted on: January 4, 2013


Jehozadak Pereira

Como já era esperado, Paulo Monauer rangeu e arreganhou os dentes ao ver o seu nome publicado em reportagens tanto no Jornal dos Sports, quanto no Brazilian Times e Brazilian Voice de New Jersey que também deu amplo destaque para as matérias. Monauer quis tirar o foco da denúncia ao criticar Alex Colombini, Edirson Paiva, este articulista e mais uma série de pessoas de bem ao tentar confundir o leitor dizendo que é perseguido pelo ‘sucesso’ do seu Hello ‘Brasil’ News. Não é não. Difamou cada uma das pessoas sem o menor pudor e nesta edição começamos a publicar as provas que ele disse não existir – são dezenas delas para seu desgosto.

Porém algumas coisas precisam ser ditas para o bem da verdade. Paulo Monauer mente e mente para tentar tapar a sua insignificância e traço como jornalista que jamais vai ser – mesmo que para isto tenha que fazer faculdades e mais faculdades de jornalismo. Quando era gerente do Grupo Parkear arvorava-se como o autor do sucesso editorial dos jornais A Notícia e METROPOLITAN. Porém, o Wanderley Resende jamais permitiu que ele chegasse perto da linha editorial dos jornais que estiveram durante a sua gestão a cargo dos competentes Eduardo Oliveira e Carlos Moraes e ambos podem relatar as agruras que era trabalhar debaixo das ordens de Paulo, já que como é sabido, Wanderley cuidava da sua vida e negócios no Brasil.

Quando fui contratado para ser o editor dos dois jornais uma frase de Paulo Monauer chamou-me a atenção. Disse-me ele que trabalhar com meus dois antecessores era difícil por causa do ego dos dois. Logo vi que o ego em questão era o dele, enorme, acintoso, o único que deveria brilhar o tempo todo.

Logo entramos numa queda de braço e ele perdeu indo então se alojar no Jornal dos Sports que passou pelo seu pior período editorial, já que o baixo astral tomou conta das páginas no jornal de um modo ímpar.

Incapaz de ter boas idéias e colocá-las em prática, restou ao Monauer falar mal de tudo e de todos e de longe a sua vítima predileta sempre foi o Grupo Parkear e este articulista que sempre mereceu o seu ódio e desprezo. No contrapé de tudo isto nunca as publicações ganharam tantos prêmios e reconhecimentos para sua frustração.

Logo, o Walter Martins se deu conta de que Paulo Monauer não era nada daquilo que havia prometido e restou-lhe abrir então o Hello Brazil News, junto com Monica Freitas e a saga dela teve então início com os problemas relatados nas reportagens.

Paulo Monauer, há poucos dias disse-se um administrador capaz de solucionar os problemas do Grupo Parkear, como é então que não consegue fazer a sua própria empresa dar lucros? Que administrador capaz é ele que tem a receita para o negócio alheio mas não consegue gerir o seu próprio?

Um leitor nos chamou a atenção para o fato de Paulo Monauer dizer que o Hello Brazil com ‘z’ ou com ‘s’ dar prejuízo. Disse-nos o leitor que é costumeiro Paulo publicar nas páginas do seu jornal as suas viagens de férias para o Brasil, Flórida, Canadá e Utah. Como é isto então? Dá prejuízo mas mesmo assim se viaja?

Outra coisa que chama a atenção na tentativa de justificativa de Paulo Monauer é a publicação de uma propaganda das atividades de Monica Freitas e das quais ele disse não se interessar pelo que era. Por que não se interessou? Por que não investigou? Será que era porque as suas contas e a do jornal eram pagas com este dinheiro?

Pateticamente o homem que se diz ético, idôneo, de moral e credibilidade – como se isto pudesse ser auto-outorgado numa página escrita e publicada, não se dá conta do triste papel que faz – o de fazer uma coisa e tentar parecer que faz outra completamente diferente.

A concorrência não nos assusta, desde que ela seja lisa, limpa, ética e idônea. A concorrência ao contrário do que pensa Paulo Monauer é salutar e só faz bem e não deve ser jamais temida. O conceito de Paulo Monauer é exterminar por qualquer via a concorrência para reinar sozinho na sua mediocridade e pequenez. O motivo das reportagens de Monica Freitas não é a concorrência, é a divulgação da verdade e é isto o que Paulo Monauer jamais vai entender e se entender não vai compreender, mesmo que leia dez vezes…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

Estatísticas do blog

  • 173,217 hits

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 846 other followers

Twitter Updates

%d bloggers like this: